12.6.15

Sto António ainda não acabou

Está agora a começar, a noite dos grandes bailaricos está à chegar, aliás as semanas que se seguem vão ser recheadas de bailaricos, sardinhas, festas e folia um pouco por toda a parte.
Mas hoje é noite de Sto António, este ano não posso ir bailar, este ano não posso visitar a Bica e beber uma sangria fresquinha (não falo nas sardinhas, porque não como), mas a vida não é só feita de festa e folia. Por isso este ano vou ter de saltar essa parte e esperar pelo próximo.

Divirtam-se!



Photos by ♥ Dora Ramalho

11.6.15

A sorrir é tudo mais leve

A vida é uma senhora muito velha e que consegue constantemente surpreender-nos, muitas vezes pelo lado positivo, mas há alturas em que ela consegue de uma forma totalmente abrupta mudar as nossas vidas pelos piores motivos. Consegue mostrar-nos um mundo que para nós era totalmente desconhecido, e mesmo que não o queiramos ver porque achamos que ele só aparece aos outros, não podemos fugir dele, não o podemos guardar numa caixa bem fechada e fazer de conta que não existe... a verdade é que existe e temos que aprender muito rapidamente a lidar com ele.

Faz-nos crescer? É claro que sim!
Por vezes penso que é até nos maus momento que mais crescemos, quando digo crescemos refiro-me ao facto de mudarmos a nossa forma de estar, de pensar, de sentir, de ser, o que por vezes não é necessariamente mau, é apenas diferente, é apenas aquilo que tem de ser, aquilo pelo qual temos de passar.

Os últimos 4 meses da minha vida foram provavelmente os mais duros de toda a minha existência, mostraram-me o quanto conseguimos ser fortes quando achamos que não o somos, ou pelo menos quando nem sequer tínhamos alguma vez imaginado que necessitava-mos de o ser.

Não vou escrever sobre isso (para já), embora muitas vezes pense que o devia fazer, mais que não fosse para que a minha experiência fosse uma voz para quem passa por situações semelhantes e que muito provavelmente tem medo, medo como eu tive, como eu tenho...

Aconteça o que acontecer sorriam sempre, porque a sorrir é tudo mais leve.




Photos by ♥ Dora Ramalho