11.3.16

O mundo ao avesso (1 - o início)

Tudo o que aqui vou escrever tem como objectivo apenas e só, ajudar de alguma forma pessoas que passem por situações semelhantes àquela pela qual passei (e estou a passar).

A arte e o talento da escrita não me foram destinados, por isso não esperem encontrar aqui textos maravilhosos, espero apenas conseguir transmitir alguns dos sentimentos pelos quais passei e alguns dos pensamentos que me ajudaram a lidar melhor com tudo.

A minha história, aquela que tenciono partilhar aqui convosco é a história de uma mulher de 41 anos que vai fazer uma mamografia de rotina e nesse dia 13 de Fevereiro de 2015 vê o mundo desabar a seus pés.

Qualquer coisa não está bem, foi-me dito, a senhora tem de fazer uma ressonância magnética mamária e uma biópsia.

E foi assim que o meu mundo foi virado do avesso, de repente sem aviso prévio, sem preparação.
As dúvidas, a ansiedade e os medos tinham começado.

Tratei de marcar rapidamente a tal ressonância mamária e a dita biópsia assistida por vácuo.
O último destes exames foi efetuado a 25 de Fevereiro de 2015, agora só faltava ter o resultado, o qual demoraria 15 dias, mas esses 15 dias foram tão longos, a ansiedade de ter um resultado era tanta, tanta quanto o medo daquilo que estaria escrito no papel quando o resultado chegasse.

Não me restava mais nada a não ser esperar, mas as dúvidas, as grandes dúvidas tinham-se apoderado da minha vida.



Puxador e porta algures por Praga
Photos by ♥ Dora Ramalho

Sem comentários :