5.8.16

Não sei se volto da ilha (isto é um aviso sério!)

O ano passado as férias passaram sem sentirmos que as estávamos a viver, eu estava a viver, ou a tentar sobreviver àquilo que qualquer mulher teme e isso só por si não me deixou desligar e sentir a areia nos pés de forma terapêutica. Inevitavelmente quem está ao meu lado foi também afetado com toda esta loucura de incertezas e indecisões que se tornou a vida cá por casa.

O meu cancro obrigou-me a parar profissionalmente por mais de um ano mas não me permitiu desligar da rotina e do stress do dia-a-dia, antes pelo contrário, foi castrador em diversos sentidos e um deles (e sim o menos importante) foi a capacidade de me roubar aquele sentimento que tem quem trabalha um ano inteiro e sente que finalmente está a chegar o merecido momento do ano, as férias, o Sol, o mar e tudo aquilo que está implícito ao momento.

Isto tudo para dizer que o momento está a chegar, vamos de férias, vamos fugir para a ilha, supostamente durante uma semana, mas a verdade é que não sei se voltamos!

Beijinhos e aproveitem o sol.


Photo by Pedro Neves
Roma - Julho 2016

1 comentário :

Anjo De Cor disse...

Boas férias que passem lentamente para as saborear bem ;)